Meus confidentes

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Ruth Rocha

  Anna Sophia está fazendo um trabalho para a feira da Cultura da escola. Esse ano, a turma dela pegou, como tema, autores brasileiros de livros infantis, e o grupo dela, especificamente, a Ruth Rocha, uma grande autora e das mais renomadas escritoras infantis do país. Eu, como professora que me prezo, adorei!!!!

 É claro, que nesses trabalhos nós, pais, mães, responsáveis, temos que auxiliar de alguma maneira. Tem que fazer, cartaz, lembrancinhas, camisetas (depois posto o resultado para vocês verem).

 Pesquisando a bibliografia dela, descobri um livro fantástico, uma delícia de ler e com um tema M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O: Os Direitos das Crianças Segundo Ruth Rocha.



Só para vocês terem um gostinho, vou publicar uma poesia desse livro:


Os Direitos das Crianças  
Ruth Rocha

Toda criança o mundo
Deve ser bem protegida
Contra os rigores do tempo
Contra os rigores da vida.

Criança tem que ter nome
Criança tem que ter lar
Ter saúde e não ter fome
Ter segurança e estudar.

Não é questão de querer
Nem questão de concordar
Os diretos das crianças
Todos tem de respeitar.

Tem direito à atenção
Direito de não ter medos
Direito a livros e a pão
Direito de ter brinquedos.

Mas criança também tem 
O direito de sorrir.
Correr na beira do mar,
Ter lápis de colorir...

Ver uma estrela cadente, 
Filme que tenha robô,
Ganhar um lindo presente,
Ouvir histórias do avô.

Descer do escorregador,
Fazer bolha de sabão,
Sorvete, se faz calor,
Brincar de adivinhação.

Morango com chantilly,
Ver mágico de cartola,
O canto do bem-te-vi,
Bola, bola,bola, bola!

Lamber fundo da panela
Ser tratada com afeição
Ser alegre e tagarela
Poder também dizer não!

Carrinho, jogos, bonecas,
Montar um jogo de armar,
Amarelinha, petecas,
E uma corda de pular.

Um passeio de canoa,
Pão lambuzado de mel,
Ficar um pouquinho à toa...
Contar estrelas no céu...

Ficar lendo revistinha,
Um amigo inteligente,
Pipa na ponta da linha,
Um bom dum cahorro-quente.

Festejar o aniversário,
Com bala, bolo e balão!
Brincar com muitos amigos,
Dar pulos no colchão.

Livros com muita figura,
Fazer viagem de trem,
Um pouquinho de aventura...
Alguém para querer bem...

Festinha de São João,
Com fogueira e com bombinha,
Pé-de-moleque e rojão,
Com quadrilha e bandeirinha.

Andar debaixo da chuva,
Ouvir música e dançar.
Ver carreiro de saúva,
Sentir o cheiro do mar.

Pisar descalça no barro,
Comer frutas no pomar,
Ver casa de joão-de-barro,
Noite de muito luar.

Ter tempo pra fazer nada,
Ter quem penteie os cabelos,
Ficar um tempo calada...
Falar pelos cotovelos.

E quando a noite chegar,
Um bom banho, bem quentinho,
Sensação de bem-estar...
De preferência um colinho.

Embora eu não seja rei,
Decreto, neste país,
Que toda, toda criança
Tem direito de ser feliz! 



E quando a noite chegar,
Um bom banho, bem quentinho,
Sensação de bem-estar...
De preferência um colinho.

Uma caminha macia,
Uma canção de ninar,
Uma história bem bonita,
Então, dormir e sonhar...

Embora eu não seja rei,
Decreto, neste país,
Que toda, toda criança
Tem direito a ser feliz!


Lindo, né??!!

  E fico na torcida, para que essa poesia possa, um dia, se tornar realidade em nosso país!!! Porque criança tem direitos sim, principalmente de ter sua família, saúde, educação e, claro, de ser feliz, muito feliz!!!!

Beijinhos e excelente semana!!!!

3 comentários:

  1. Nossa, q lindinho!
    Eu adoro Ruth Rocha pois ela escreveu um livro que marcou minha infancia chamado: Marcelo, Marmelo e Martelo e outras histórias.
    Também recomendo, inclusive para seus pimpolhos.

    Beijos

    Rê Ferreira

    ResponderExcluir
  2. Todos os livros da Ruth Rocha são excelentes! Trabalhei muitos, muitos memsmo, com minhas turmas.
    Bjoks e boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Tem selinho pra você lá no blog!
    Bj

    ResponderExcluir

Obrigada pelo seu comentário e por compartilhar seus segredinhos comigo também!!! Volte sempre!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...